Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2017

Curso de Formação “Divulgação e Comunicação em Ciência”

Imagem
De 15 a 24 de maio , irá decorrer no Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental (CMIA) de Vila do Conde o Curso de Formação “Divulgação e Comunicação em Ciência” , atividade inserida no Programa de Atividades de Educação Ambiental da Bandeira Azul. Data: 15, 17 e de 22 a 24 de maio  Horário: 18h-21h30 Formadora: Ana Laranja (Coordenação do CMIA de Vila do Conde e Doutoranda em Divulgação das Ciências, FCUP) Preço: 40€ (público em geral) Data limite de inscrição: 11 de maio Nos dias de hoje a ciência está muito presente no dia-a-dia de todos nós. A curiosidade e o despertar para esta temática chega à população em geral através de assuntos abordados na escola, através dos museus e centros de ciência, através jornalistas com as suas peças em jornais, revistas e televisão e hoje em dia também vemos alguns cientistas a comunicar ciência. Há uma pressão cada vez maior para que os cientistas sejam capazes de transmitir as suas ideias, as suas investigações

Apresentação da infraestrutura: IPSentinel

Imagem
A Direção-Geral do Território ( DGT ) e o Instituto Português do Mar e da Atmosfera ( IPMA ) estão a convidar a participar na sessão pública de apresentação da infraestrutura IPSentinel que terá lugar no dia 27 de abril, pelas 9h30 no Auditório do IPMA em Algés. A infraestrutura IPSentinel tem como objetivo armazenar e disponibilizar, sem custos, imagens dos satélites Sentinel adquiridas sobre o território naciona l. Esta infraestrutura foi desenvolvida pela DGT em parceria com o IPMA e financiada por um programa da Direção-Geral de Política do Mar ( DGPM ), viabilizado através do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu ( EEA Grants ). A criação da infraestrutura IPSentinel foi motivada pela ação integrada da DGT e do IPMA na política de participação ativa de Portugal no Programa Europeu de Observação da Terra Copernicus , nomeadamente no seu Segmento Colaborativo de Solo (CollGS). Pretende-se com este evento promover a potencialidade de utilização de con

European data Portal, versão 2.0

Imagem
No dia 1 de março entrou em funcionamento a versão 2.0 do European data Portal , com um desenho mais amigável, novos conteúdos, estudos, análises, gráficos.... As novidades técnicas mais relevantes que incluem são: Responsividade melhorada.  Interface disponível nos 24 idiomas oficiais da UE.  Melhoras no gestor SPARQL , para oferecer pesquisas avançadas.  O painel de qualidade de metadados.  Pesquisas facetadas.  Mais de 160 casos de uso .

Sistema de mapeamento de icebergs: Iceberg Finder

Imagem
Iceberg Finder é um sistema de mapeamento de icebergs na zona norte do Canadá. A idea central do serviço é mostrar estes grandes fragmentos de gelo como atractivos turisticos. Através da web é possível ver informação sobre suas características relevantes: último iceberg visto, tamanho e forma.

Saída de Campo: Save the Frogs Day 2017

Imagem
Este ano, o CMIA de Vila do Conde volta a celebrar este dia tão importante com uma saída de campo na Reserva Ornitológica do Mindelo.   Esta atividade, desenvolvida em parceria com o Projeto Charcos com Vida e o Centro Juvenil da Campanhã (Pólo de Vila do Conde) , pretende dar a conhecer a todos os participantes estes animais tão incríveis e misteriosos que são os anfíbios – sapos, rãs, relas, tritões e salamandras. Para tal, nada melhor que visitar um dos locais mais emblemáticos, conhecido pela sua riqueza em espécies de anfíbios. Inscrições: cmia@cm-viladoconde.pt Tel. 252 637 002 Custo da inscrição: 3€ e recebe um postal Charcos com Vida, ou 5 € e recebe um postal e um cartaz Charcos com Vida Ponto de encontro: 19h30, no Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Vila do Conde Av. Marquês Sá da Bandeira, 320 | 4480-916 Vila do Conde https://goo.gl/maps/FZbw5CSy7142

Rio Mondego apresenta solução IoT para prever cheias em Coimbra

Imagem
Foi apresentado, em Coimbra, o projeto Rio Mondego e a sua solução IoT que permitemonitorizar o caudal do rio através de sensores instalados em cinco pontos diferentes e atuar preventivamente em caso de cheias.       Plataforma IOT de monitoramento do Rio Mondego Desenvolvido por estudantes do departamento de Engenharia Eletrotécnica, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra , o projeto conta com o apoio do Vodafone Power Lab e das Águas de Coimbra, surge numa altura em que a Internet of Things (IoT) é apontada como uma das mais disruptivas revoluções potenciadas pela internet. O rio Mondego é o quinto maior rio português e o primeiro de todos os que têm o seu curso inteiramente em Portugal.  O Rio Mondego é propenso as cheias que são registradas desde o século XIV , sendo que a principal causa dá-se por um processo de assoreamento natural, incidência de precipitações e danos causados por incêndios florestais. As cheias no rio M

Cursos de Formação: Monitorização Aquática e Divulgação e Comunicação em Ciência

Imagem
No mês de Maio irão decorrer no Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental (CMIA) de Vila do Conde os seguintes Cursos de Formação: Monitorização Aquática* Data: 2 a 5 e de 8 a 11 de maio Horário: 18h-21h30 Formadoras: Doutoranda Ana Laranja e Engª Sílvia Morim Preço: 60€ (público em geral) Data limite de inscrição: 27 de abril Este curso incluiu uma exposição teórica, abordando a legislação relativa aos diferentes tipos de águas e os indicadores de qualidade hídrica. Será acompanhada de uma componente prática de laboratório, na qual se pretende que os participantes tenham a oportunidade de entrar em contacto com equipamento e algumas técnicas utilizadas na monitorização da qualidade da água. Dirige-se a técnicos com habilitação ao nível de Bacharelato/Licenciatura, estudantes universitários e de cursos profissionais da área das ciências naturais e afins com motivação e interesse na aquisição de conhecimentos de carácter ambiental que pretendam desenvolv

Seminário Novos Desafios e Estratégias na Educação Ambiental - Atividades implementadas fora da Escola

Imagem
Na sequência do projeto de Educação Ambiental "Despertar para a Natureza" promovido pela LPN e reconhecendo que a realização de atividades implementadas fora da escola, como sejam as saídas de campo/visitas de estudo, têm um papel fundamental na melhoria da educação e do ambiente, a LPN e a Câmara Municipal da Amadora irão realizar já no próximo dia 22 de abril , um seminário sobre Novos Desafios e Estratégias na Educação Ambiental - Atividades implementadas fora da Escola. Este Seminário pretende ser um fórum de discussão e de reflexão transdisciplinar, convidando especialistas de reconhecido mérito na área da Educação Ambiental e das saídas de campo levando a discutir a importância da Educação Ambiental (EA) e da Conservação da Natureza nos contextos educativos, bem como os desafios que configura. No âmbito deste Seminário, serão realizadas uma saída de campo e um peddy-paper.  São objetivos a atingir no ciclo de seminários;  • Discutir a imp