Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2010

Ecological Urbanism

Imagem
Ecological Urbanism  refere a importância de uma abordagem ecológica e salienta a necessidade urgente de se pensar em métodos criativos e práticos , para tratar velhos e novos problemas do espaço urbano . Este livro de 656 páginas, editado em 2010, por Mohsen Mostafavi com Gareth Doherty, recolhe testemunhos e impressões de economistas, engenheiros, artistas, políticos, geógrafos e especialistas em saúde pública, dando uma visão global da relação entre urbanismo e ecologia . O livro  que faz parte de algumas investigações e projectos da Harvard University’s Graduate School of Design escola de Design da Univerdade de Harvard, explora abordagens alternativas e radicais entre ecologia e arquitectura, arquitectura paisagista, planeamento e urbanismo .

Cartografia e Realidade Aumentada

A ESRI criou um protótipo que combina ESRI’s  ArcGIS API for Silverlight  com o código opensource do  Silverlight Augmented Reality Toolkit . O em vídeo abaixo, mostra que o mapa é totalmente funcional, mesmo com a distorção de perspectiva. A demonstração começa com o utilizador a navegar num mapa básico do padrão da ESRI’s  resource center  e em seguida, realiza uma pesquisa de imagens  GeoEye  na   Nova Zelândia . Para experimentares mapas e Realidade Aumentada. É muito simples. Vais precisar: De um computador com uma webcam. Imprimir o simbolo no pdf que está   aqui  . Depois clique  aqui  para iniciar a aplicação web (instale o Silverlight caso ainda não tenha feito) E aponte o papel com o simbolo impresso na frente da webcam. O mapa vai se ajustar ao papel logo em seguida. Veja o video demonstrativo. Fonte: MundoGeo

Geointernet 2010 - fundamentos, usos e tendências

Imagem
Vai decorrer, entre 6 e 15 de Setembro de 2010, uma nova edição  virtual do curso de Verão " Geointernet, Fundamentos, Usos e Tendências", na Universidade de Salamanca. Destinatários: Geógrafos, Cartógrafos, Geólogos, Ciências do Mar, Urbanistas, Ciências Sociais, Engenheiros, Jornalistas, Professores, Arquitectos e público em geral interessado nestas temáticas. Objectivos: - Oferecer uma visão geral do estado actual de Geointernet,  usos e tendências. - dotar os participantes de conhecimentos ao nivel de instrumentos de observação do planeta , gestão do território, ferramentas de cartografia para não cartógrafos e tendências para a criação de meta-mundos de realidade virtual e aumentada (cidades virtuais, museus virtuais, turismo virtual) na próxima geração de Internet (Web 3.0). Competências a adquirir:     * Comparação entre as diferentes Infraestructuras de Dados Espaciais (GE, SIGPAC, MSN, NASA,...) analizando as vantagens e desvantagens de cada uma.     *

Viver Cidade

Um dia em Nova York: as pessoas, as infra-estruturas, o passar  do tempo e os edificios, vistos através de uma maquete animada. The Sandpit from Sam O'Hare on Vimeo .

10 de Junho: dia de Portugal, das Comunidades Portuguesas e de Camões

O 10 de Junho , durante o  Estado Novo de 1933 até à Revolução dos Cravos de 25 de Abril de 1974 , era celebrado como o Dia da Raça : a raça portuguesa ou os portugueses . Depois do 25 de Abril,  a 2ª República não se revê neste feriado, pelo que, em 1978, o converte em Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. E porquê um dia em honra de Camões? "Camões representava justamente o génio da pátria, representava Portugal na sua dimensão mais esplendorosa e mais genial" explica Conceição Meireles, professora de História Contemporânea na FLUP . Lisboa escolheu para feriado municipal o 10 de Junho, em honra de Camões" uma vez que a data é apontada como sendo a da morte do poeta que escreveu “Os Lusíadas” . "As armas e os barões assinalados, Que da ocidental praia Lusitana, Por mares nunca de antes navegados, Passaram ainda além da Taprobana, Em perigos e guerras esforçados, Mais do que prometia a força humana, E entre gente remota edif

Entender o Risco - Avaliação da inovação dos Riscos Naturais e Tecnológicos

Imagem
O Fórum - Entender o Risco - Realiza-se esta semana em Washington DC no Banco Mundial.  A intenção do evento é aumentar a compreensão dos riscos, torná-lo mais mensurável e trabalhar em controlá-lo melhor.  FortiusOne conjuntamente com Bill Greer e Andrew Turner participantes de um painel sobre Open Source Spatial Data Open Web. GeoCommons pode ser um instrumento valioso para a compreensão e gestão do risco.  Um aspecto importante da compreensão e mitigação do risco é ter os dados para tomar decisões.  Há uma variedade de conjuntos de dados disponíveis no GeoCommons que poderiam contribuir para avaliações de risco.    Com o fornecimento de  de dados públicos no GeoCommons Maker,   pode ser utilizado para divulgar as avaliações de risco.  Alguém pode não só ver a sua avaliação, mas também criar seus próprios mapas com outros dados ou até mesmo baixar as informações.  Um exemplo é o mapa de risco  de inundação para White Plains, Nova York.