Diversidade biológica e uso de pesticidas

Segundo um estudo publicado pelo professor Teja Tscharntke, da Universidade alemã de Göttingen, a diversidade biológica reduz-se a metade na Europa pelo excessivo uso de pesticidas. O estudo refere que um campo onde se cultive organicamente tem até um milhão de espécies, enquanto que um onde se utilize pesticidas apenas tem metade. 
A investigação foi baseada num estudo a 150 campos  de trigo na Alemanha, Espanha, França, Estónia, Polónia, Irlanda, Suécia e Holanda. O estudo analisou a localização dos campos, o carácter da paisagem, o tipo de terrenos, a sua proximidade a outros biótopos, a forma de cultivo e o uso de maquinaria e substâncias químicas.
Os campos de cultivo estudados estavam localizados em regiões muito diferentes, com climas distintos, tamanhos variados e formas peculiares de cultivo em cada caso. O objectivo do estudo foi estudar a biodiversidade de plantas e animais, sobretudo os coleópteros.
O professor alemão comentou que a principal causa da perda de espécies se deve à aplicação de insecticidas e fungicidas. O cultivo orgânico sem o uso de pesticidas tem claros efeitos positivos na diversidade de plantas e animais, sobretudo insectos e, entre estes, os coleópteros.





Comentários

Mensagens populares deste blogue

Desterritorialização e Reterritorialização

Mapa geológico completo de Portugal e Espanha

Mapas Isométricos