terça-feira, 22 de junho de 2010

Cartografia e Realidade Aumentada

A ESRI criou um protótipo que combina ESRI’s ArcGIS API for Silverlight com o código opensource do Silverlight Augmented Reality Toolkit.
O em vídeo abaixo, mostra que o mapa é totalmente funcional, mesmo com a distorção de perspectiva. A demonstração começa com o utilizador a navegar num mapa básico do padrão da ESRI’s resource center e em seguida, realiza uma pesquisa de imagens GeoEye na  Nova Zelândia.
Para experimentares mapas e Realidade Aumentada. É muito simples. Vais precisar:
  • De um computador com uma webcam.
  • Imprimir o simbolo no pdf que está  aqui .
  • Depois clique aqui para iniciar a aplicação web (instale o Silverlight caso ainda não tenha feito)
  • E aponte o papel com o simbolo impresso na frente da webcam.

O mapa vai se ajustar ao papel logo em seguida.
Veja o video demonstrativo.
Fonte: MundoGeo

2 comentários:

Anónimo disse...

Isto já não coisa nova, eu já tinhas visto algo parecido num projecto em Coimbra de nome inovmap com cartografia em Realidade Aumentada.
Até está um vídeo no youtube, basta procurar iNovmap augmented reality.

Paulo Carvalho disse...

Antes de mais agradeço o seu comentário.
O trabalho do Inovmap, que eu conheço, não tem nada a ver com Realidade Aumentada. A Inovmap trabalha na partilha de informação geográfica na web (Web Maping) e na Modelação 3D (Google skechup). O video que está no YouTube é uma aproximação à realidade aumentada que utiliza uma tecnologia que já é bastante utilizada para fazer umas experiências engraçadas. Se quiser posso falar com mais detalhes.
A realidade aumentada é outra coisa. Consiste na utilização de imagem real (ex: através de uma câmera de filmar num dispositivo electrónico), mais dados digitais (Dados alfanuméricos ou dados GeoEspaciais).
A realidade aumentada, que já conheço e estudei a algum tempo atrás(2008)na Universidade de Salamanca, está ainda a dar os primeiros passos.Entretanto,já se começam a ver algumas coisas interessantes e os smartsphones vieram dar uma grande ajuda na divulgação e massificação desta tecnologia utilizando ainda mais elementos de geolocalização em tempo real.
A única empresa, em Portugal, que eu conheço e trabalha com tecnologia desenvolvida pelos próprios é a YDreams. A Inovmap utiliza tecnologia desenvolvida por terceiros. Não tem tecnologia própria.