quinta-feira, 26 de julho de 2012

As mudanças no sector turístico: o turista 2.0


Cada vez mais, os turistas usam as novas tecnologias, através das redes sociais, para partilhar as suas experiências com amigos e conhecidos, twitteando  as suas experiências com os seus seguidores, colocando comentários e fotografias no seu perfil de Facebook através do seu Smartphone ou fazendo  Check-in em plataformas de geolocalização como o Foursquare.
Toda esta informação partilhada pode ter um valor acrescentado muito importante para as empresas de turismo (hotelaria, restauração, agencias de viagens…) e pode ajudar na difícil tarefa de fidelizar os clientes, mas também pode ter um efeito contrário se não sabemos canalizar toda a informação da forma mais correcta.
Muitas empresas de turismo mostram-se reticentes à utilização de redes sociais, uma vez que apesar de não podem controlar os comentários negativos, podem sim evitar crises de opinião, gerindo as queixas apontadas pelos clientes e melhorando os seus produtos ou serviços.
Cada vez mais as Redes Sociais se estão a posicionar na forma como interagimos no dia-a dia. Apesar de não serem um canal de vendas, no sentido estrito, existem muitas estratégias que podem ajudar qualquer empresa a posicionar-se no seu sector, como seja através da realização de promoções ou divulgação de novos produtos ou serviços. É a publicidade mais barata que existe e que nos ajuda a ter uma base de dados de clientes segmentada, como é o caso por exemplo do Facebook, que é muito mais eficaz e eficiente que a publicidade em meios massivos.

Sem comentários: