Zona Transfronteiriza do Este de Portugal proposto para Património Mundial da Humanidade



A União Internacional para a Conservação da Natureza, durante   o 5º Congresso Mundial da Natureza, que decorreu  de 6 a 16 de Setembro na República da Coreia, apresentou a proposta de declaração de Património Mundial da Humanidade das zonas protegidas Transfronteiriças do Este de Portugal e do Oeste de Espanha, à UNESCO.

As áreas protegidas propostas englobam as Arribas do Parque Natural do Douro Internacional, bem como algumas áreas protegidas de Bragança-Zamora e Douro Superior-Salamanca e  Sierra de Gata - Dehesas de Azaba- Serra da Malcata, abrangendo território de ambos os lados da fronteira.
Foto: Parque Natural Arribes del Duero

Durante o congresso, foi ainda destacado a importância dos dois paises trabalhem em estreita colaboração na conservação e preservação de toda esta zona de elevada biodiversidade e riqueza natural e  advertido que ambos países  ibéricos  evitem a construção de infraestruturas (parques eólicos ou barragens) que provoquem impacto paisagístico e visual nestas zonas do Este Ibérico. 

Foi ainda solicitado aos dois países que desenvolvam em conjunto e de forma integrada um Plano de Desenvolvimento Sustentável para todas estas áreas de especial interesse.

Na declaração final do congresso, do qual participaram mais de dez mil pessoas, entre elas cinco mil especialistas de 153 países, foi decidido trabalhar rumo a "uma nova era de conservação, sustentabilidade e soluções baseadas na natureza", segundo a organização.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Desterritorialização e Reterritorialização

Mapa geológico completo de Portugal e Espanha

Mapas Isométricos